Sabores proliferam

Em certa altura, a palavra falada é inerentemente poderosa. O poder hipnótico do tom seguro e escolha certa de vocabulário podem fazer tudo o que lhe quero fazer fisicamente sem lhe chegar a tocar, atingindo-o meramente com a frase certa. É por isso, talvez tenha reparado, que está a ler isto. É por isso que volta aqui, para mim, noite após noite, e se deixa mergulhar nas coisas que tenho para dizer. As minhas mãos não podiam estar mais longe das suas pernas, os meus lábios não podiam estar mais longe dos seus e no entanto evoco em si a mesma emoção, com palavras cuidadosamente posicionadas num conjunto de frases afirmativas. Consigo fazer com que se afunde na cadeira, esboçe um sorriso  e com que morda os lábios. Consigo fazê-lo corar. E consigo segredar lhe mil silêncios ao ouvido, e consigo fazer muito mais sem o contacto físico, mas admito que esta última parte é um toque delicioso.

publicado por verbistantum às 13:05 | link do post | comentar